MBA em Gerenciamento de Obras: saiba porque fazer

fev 06, 2019

IBEC

Carreira

0

MBA em Gerenciamento de Obras: saiba porque fazer

Para se destacar no mercado de trabalho, é necessário tomar uma série de medidas para se tornar um profissional diferenciado. Uma das ações disponíveis para você, profissional da construção civil, é fazer um MBA em Gerenciamento de Obras.

Neste post, explicamos o que é um MBA, como ele funciona dentro do mercado de trabalho e quais as vantagens de fazer um MBA em Gerenciamento de Obras. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O que é o MBA em Gerenciamento de Obras e como ele funciona?

O MBA em Gerenciamento de Obras tem como objetivo oferecer ao profissional subsídios para que ele aplique metodologias de gestão durante o planejamento e a execução de uma obra.

O gestor de obra é de fundamental importância no contexto atual da construção civil, pois é quem organiza toda a força de trabalho, além de toda a logística necessária para cumprir o cronograma e orçamento previsto.

O profissional que optar por esse MBA, ao final do curso, estará apto a:

  • transmitir, aos profissionais de engenharia, arquitetura, agronomia e afins, conhecimentos na área de gestão de empreendimentos;
  • cuidar do planejamento e do controle de empreendimentos de engenharia;
  • apresentar as modernas técnicas de gerenciamento de obras;
  • gerir ferramentas de elaboração de orçamentos, planejamento, acompanhamento e gestão de empreendimentos;
  • cuidar da formação e do desenvolvimento de equipes para condução de projetos;
  • desenvolver a visão estratégica dos empreendimentos;
  • elaborar propostas técnicas e de habilitação.

Quais são as vantagens de fazer MBA em Gerenciamento de Obras?

Além do conhecimento técnico que o profissional adquire, outros benefícios estão atrelados ao curso. Conheça os principais deles a seguir.

Análise aprofundada do projeto

A análise e a visão rasa sobre o projeto de engenharia são extremamente negativas para garantir uma boa obra, especialmente no que diz respeito à qualidade construtiva e à inovação. Dessa forma, o MBA em Gerenciamento de Obras estimula o engenheiro a exercitar uma visão mais ampla sobre a construção, observando soluções mais profundas sobre a dinâmica e a gestão do projeto.

Entre essas soluções, destacam-se a escolha de materiais para a construção, a escolha de metodologias inovadoras e que apresentam resultado para a obra, além de softwares e medidas para adequar questões de sustentabilidade no projeto. A visão diferenciada ainda é capaz de melhorar o custo-benefício da obra.

Melhor gerenciamento da obra

Foi-se o tempo em que o engenheiro ficava responsável apenas pela obra, pela escolha dos materiais e pelos cálculos estruturais.

Atualmente, apoiada pelas mudanças que o próprio mercado apresentou ao longo dos últimos anos, a engenharia mudou e apresentou diversas alterações, tornando-se mais multidisciplinar e dinâmica. Este foi um dos aspectos que foram inseridos no campo da engenharia, tanto no que tange ao estudo quanto no que se refere à prática é a gestão, seja ela de pessoas, seja ela de obras (materiais, corpo técnico, etapas de construção, entre outros).

Controle dos indicadores de qualidade

A qualidade deve sempre ser o objetivo na construção de qualquer tipo de edificação. Entendemos que ela é um fator subjetivo, mas que pode ser medida de forma objetiva, desde que se utilize alguns indicadores de qualidade e produtividade, além de metodologias já reconhecidas no mercado.

Um dos modelos que podemos citar, por exemplo, são os indicadores de sustentabilidade, que analisam a estrutura da edificação, além das medidas sustentáveis adotadas durante a construção e após a obra ficar pronta. Com esses dados, o índice de sustentabilidade é avaliado e tem um valor atribuído.

Redução de custos

Reduzir custos é um grande desafio para todo empreendimento. Não há espaço para desperdícios nos tempos atuais e vários campos dentro da engenharia podem ajudar para que isso seja alcançado, como a engenharia de custos e o próprio gerenciamento de obras.

A redução de custos pelo gerenciamento se dá pelo planejamento e por ações mais econômicas, tanto no que tange à redução de investimentos de capital quanto no que se refere à economia de materiais de construção e mão de obra, por exemplo.

Estratégia produtiva

Todo projeto de engenharia, antes de ser executado, precisa passar por uma definição de estratégia produtiva, em que são avaliados diversos fatores, como a viabilidade do negócio e o estudo de formas para aumentar a lucratividade do empreendimento.

Entre as decisões comuns de serem tomadas durante essa situação, podemos citar a escolha do padrão de um apartamento versus o número de apartamentos a serem disponibilizados para venda, por exemplo.

Melhora da qualidade da obra como um todo

As melhores construtoras e incorporadoras são aquelas que conseguem construir empreendimentos lucrativos e com alta qualidade construtiva, que, além de segurança, ofereçam espaços funcionais e com uma boa estrutura para suportar todas as cargas da edificação, além de proteger das intempéries, como sol, chuva e vento.

O gerenciamento de obra, por meio do gerenciamento da mão de obra e da escolha dos materiais, permite uma melhora na qualidade da construção, em relação à funcionalidade, aperfeiçoando, por exemplo, questões relativas à sustentabilidade ou ao conforto térmico e acústico.

Você conhece o MBA em Gerenciamento de Obras do IBEC?

O MBA em Gerenciamento de Obras é um curso com aulas expositivas sobre o assunto, além de tarefas obrigatórias, como apresentação de seminários, trabalhos em grupo e atividades extras.

No IBEC, trabalhamos com três módulos: contratos e custos, gerenciamento e engenharia de custos.

O primeiro trata de metodologia da pesquisa, negociação, desenvolvimento profissional, licitações e contratos etc.

O segundo trata do gerenciamento de obras em si, do preço do serviço de engenharia, da gestão de contratos e pleitos, da informática aplicada e do planejamento e controle de obras.

Por fim, o terceiro módulo trata especificamente de engenharia de custos, abordando determinados assuntos, como qualidade, liderança e motivação, administração básica, segurança do trabalho, meio ambiente e canteiro de obras.

Fazer MBA em Gerenciamento de Obras é uma excelente oportunidade para dar um upgrade na sua carreira. Por conta da valorização que as empresas dão para o gestor de obras, além da promoção da qualidade do trabalho produzido por você, vale a pena o investimento!

Agora que você já sabe o que é e como funciona um MBA em Gerenciamento de Obras, entre em contato conosco do IBEC! Estamos no mercado desde 1970, temos um corpo docente qualificado e somos creditados pelo International Engineering Council (ICEC).

Comentários
Post by IBEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *