Gerenciamento de obras: conheça as melhores técnicas

ago 15, 2018

IBEC

Dicas, Engenharia

0

Gerenciamento de obras: conheça as melhores técnicas

A competitividade no meio da construção civil está cada vez maior. Diversos fatores contribuem para isso, como escassez no mercado devido à crise e o aumento do número de profissionais no ramo.

Nesse cenário, torna-se cada vez mais necessário que as empresas e profissionais busquem um diferencial em relação a seus concorrentes. Uma das formas de buscá-lo é por meio do gerenciamento de obras, que viabiliza a execução de projetos mais complexos de construção civil.

Várias são as técnicas e metodologias existentes para você planejar e gerenciar a sua obra de forma eficaz, gerando qualidade e economia.

Neste artigo, vamos falar sobre a importância do gerenciamento de obras e quais as etapas necessárias para realizar esse processo. Além disso, explicaremos também sobre o método PDCA e como você deve aplicá-lo em seu projeto. Por fim, discutiremos as ferramentas existentes para o gerenciamento de obras. Ficou interessado? Então, continue a leitura!

Por que devo adotar o gerenciamento em minha obra?

Estudos apontam que a engenharia, de forma geral, ainda está muito atrasada em relação a outras áreas. Entre as principais dificuldades, estão a organização, a utilização de metodologias inovadoras e o uso de tecnologias. Esse retardo faz com que as obras enfrentem constantes atrasos e acabem custando um valor maior do que o planejado, diminuindo a margem de lucro das construtoras.

Embora a realidade seja um pouco assustadora, várias empresas do setor de construção civil vêm buscando se atualizar. Muitas delas têm adotado o gerenciamento de obras como forma de otimizar o seu trabalho e melhorar a qualidade das suas edificações — iniciativa que tem mostrado resultados favoráveis.

Quais são as etapas necessárias para realizar um bom gerenciamento de obras?

Para fazer um gerenciamento de obras efetivo, você deve aplicar um rigoroso processo composto por algumas etapas. O ideal é que todas elas sejam devidamente seguidas para que o resultado do gerenciamento de obras alcance toda a sua eficácia. A seguir, saiba quais são esses passos.

Faça um estudo de viabilidade

Para iniciar uma construção, é necessário antes realizar um estudo de viabilidade. Esse estudo torna possível que se analise o provável retorno da construção para a empresa responsável. A partir daí, é possível decidir pela construção (ou não) da edificação.

Essa pesquisa verifica vários elementos, como a contratação de funcionários, leis de ocupação do solo (como o zoneamento e leis ambientais), características do solo, entre outros.

Analise o orçamento

Nessa etapa, você deve analisar o orçamento de cada parte da obra para elaborar um planejamento eficiente. É necessário que cada projeto tenha o seu próprio estudo orçamentário, pois suas peculiaridades podem elevar ou reduzir os custos. Verifique e acompanhe a inflação, use softwares ou conte com a consultoria de um profissional capacitado para conhecer os gastos tributários.

Planeje os itens essenciais da obra

Faça um checklist com todos os itens necessários para você começar e executar a sua obra. Esse processo começa antes mesmo do início da construção. Para isso:

  • faça o estudo de viabilidade da obra;
  • faça a matrícula do imóvel e obtenha um alvará de construção na prefeitura;
  • verifique se há ligação do terreno com a rede de água, esgoto e energia do município;
  • solicite uma certidão negativa de débitos;
  • indique o responsável técnico pela obra e torne isso claro na fachada posterior da obra, com utilização de lona ou placa;
  • faça a implantação do seu canteiro de obra, definindo local de trabalho, de armazenamento de materiais etc.;
  • atente-se quanto aos resíduos produzidos pela obra, como reduzi-los e o que fazer com eles;
  • fique atento a questões trabalhistas e de segurança do trabalho;
  • organize o fluxo de caixa;
  • realize o gerenciamento de obra para garantir que a obra estará entregue no tempo indicado.

Estabeleça e siga um cronograma

Essa etapa é a mais recorrente no canteiro de obras, embora, boa parte das vezes, seja tratada com muita displicência. Um bom cronograma deve ser encarado de forma séria. Portanto, você deve fazer o possível para cumpri-lo à risca. Para facilitar, monte um cronograma para cada mês, semana e dia do projeto.

Lembre-se de que o atraso em qualquer departamento da construção pode causar um efeito cascata, levando ao atraso de toda a obra, o que gera prejuízos.

O que é o método PDCA e como aplicá-lo no gerenciamento de obras?

Também conhecido como ciclo PDCA, esse método começou a ser usado, primeiramente, por empresas americanas. É considerado extremamente eficiente para a resolução de problemas. A sigla ajuda a explicar o método, observe:

  • P — plan (planejamento);
  • D — do (fazer);
  • C — check (checar);
  • A — act (atuar).

O ciclo PDCA é uma metodologia usada para indicar as fases de acompanhamento de um projeto. Primeiro, deve ser feito um planejamento minucioso das ações a serem desenvolvidas. A etapa posterior é colocar o planejamento em ação.

Para que o curso da obra seja seguido da forma mais eficaz possível, é necessária a terceira etapa de checagem, quando os pontos positivos e negativos são identificados. Feito isso, são tomadas novas medidas para otimizar o planejamento inicial.

O método é totalmente eficiente e de fácil assimilação em uma obra. Entretanto, os funcionários devem estar a par do processo e receber instruções sobre a nova metodologia. Isso auxilia para que o método seja introduzido de forma efetiva.

O método PDCA ainda pode ser utilizado na gestão de pessoas para melhorar também a gestão das equipes trabalhando em campo.

Por que contar com boas ferramentas?

Aliado ao método PDCA, outras alternativas são indicadas para auxiliar no gerenciamento de obras. É o caso do uso de softwares de gestão, afinal, estamos na era digital e a tecnologia está aí para facilitar o trabalho humano.

Entre os softwares existentes, recomendamos o Evop, Primus-K, Project e o Vejaobra. O bom e velho Excel também é uma boa ferramenta, especialmente para organizar e registrar orçamentos.

Agora você já sabe a importância e as melhores técnicas do gerenciamento de obras na construção civil. Já conhece também o método PDCA e alguns softwares que podem auxiliam nesse processo.

Se você quer conhecer novas formas de desenvolver sua carreira como gestor de obras, entre em contato conosco e saiba mais sobre os cursos que oferecemos na área de construção civil.

Comentários
Post by IBEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *