Conheça os indicadores de produtividade na construção civil

out 31, 2018

IBEC

Carreira

0

Conheça os indicadores de produtividade na construção civil

Dentro da construção civil, vários fatores devem ser levados em consideração para a avaliação do trabalho da equipe, e um deles é a produtividade na construção civil. Esse item é de fundamental importância, tendo em vista que o Brasil é um país que apresenta uma das piores produtividades no mundo — e não é diferente no setor da construção.

Para auxiliar os responsáveis por esse setor nas construtoras e incorporadoras, várias ferramentas e metodologias foram desenvolvidas ao longo do tempo para medir objetivamente vários fatores, como a elaboração de custos e a produtividade.

Com o intuito de esclarecer melhor o assunto, preparamos este artigo. Falaremos inicialmente sobre o conceito de produtividade e como ele se aplica na construção civil. Posteriormente, abordaremos os indicadores de produtividade e os principais existentes. Por fim, daremos algumas dicas para melhorar a produtividade na construção civil. Confira!

O que é produtividade e como ela se aplica à construção civil?

Produtividade no trabalho é a relação direta entre quantidade produzida ou serviço produzido dividido por algum insumo ou matéria-prima necessária para a sua composição. É importante também enquadrar nessa equação o tempo, que merece atenção especial, uma vez que é o “recurso” mais escasso que existe — depois que o tempo passa, não é possível mais recuperá-lo.

Além disso, deve ser levado em consideração o aumento da qualidade do trabalho, pois ele está ligado diretamente ao conceito moderno de produtividade. Na construção civil, portanto, a produtividade tem relação direta com a capacidade da construtora e dos profissionais de cumprir determinado cronograma de obra, entregando a construção em um tempo hábil para os padrões do mercado.

Por ser um fator que está diretamente ligado aos lucros, os profissionais mais produtivos e que conseguem aumentar a produtividade da empresa são os mais requisitados e valorizados nesse ramo.

Para verificar a produtividade na construção civil, foram criados alguns índices. Confira a seguir!

O que é um indicador de produtividade?

Produtividade, como já foi dito, é um conceito muito abrangente. Dessa forma, como medir um conceito tão complexo? Dentro de diversas áreas da atuação humana, são criados indicadores com critérios objetivos, capazes de medir essa produtividade.

Na construção civil não é diferente, e indicadores de produtividade foram criados ao longo dos anos com o intuito de medir essa questão. Esses índices levam em consideração diversos fatores, como o consumo de materiais e a produção.

Quais sãos os principais indicadores existentes e como analisar cada um?

Os principais indicadores existentes na atualidade são o RUP e o CUM. Falaremos sobre cada um deles e como você deve aplicá-los na sua empresa e obra a seguir.

Razão unitária de produção (RUP)

Para medir a produtividade utilizando esse índice, deve ser aplicada a seguinte fórmula:

RUP = Hh / Qs

Em que:

  • Hh = homens-hora da equipe disponíveis para o trabalho;
  • Qs = quantidade de serviço líquida.

Para a alvenaria estrutural, o índice é dado por homens-hora (hh) necessários para a execução do metro quadrado de alvenaria. Dessa forma, um RUP de 8 implica que são necessários 8 homens-horas para a execução de 1m² de alvenaria.

Quanto maior for o resultado do índice, pior é a produtividade da equipe e mais ajustes devem ser feitos para alinhá-la.

Alguns fatores podem ser citados para alterar a produtividade nesse índice. Eles são divididos entre fatores ligados ao contexto e fatores ligados a anormalidades.

Fatores ligados ao contexto:

  • tipo de equipamento de transporte;
  • condições meteorológicas;
  • motivação do pessoal;
  • forma de pagamento;
  • tamanho da equipe.

Fatores ligados a anormalidades:

  • falta de material;
  • chuva torrencial;
  • falta de instrução;
  • falta de frente de trabalho;
  • falta de equipamento.

Consumo unitário de materiais (CUM)

O CUM é dado pelas seguintes fórmulas:

Perda (%) Qreal / Qteórica x 100.

CUM = Qreal / Qs

Em que:

  • Qreal = quantidade de material realmente consumida;
  • Qs = quantidade de serviço realizada com tal material;
  • Qteórica = quantidade de material teoricamente necessária.

As perdas significam tudo aquilo que realmente é consumido de material mais o que é teoricamente necessário. Esses materiais devem ser classificados de acordo com o momento do projeto, como no ato do recebimento, na estocagem, no processo intermediário ou final.

As perdas acontecem em forma de roubo, de entulho ou são incorporadas. A primeira é resultado da ineficiência de gestão e do sistema de segurança, e as duas últimas são resultados naturais do processo de construção.

As perdas incorporadas podem resultar do emprego do material de forma superior ao recomendado pelo projeto. Por isso, é de extrema importância verificar muito bem a execução da obra, a fim de evitar esses pequenos erros que afetam a produtividade.

Quais são as dicas para aumentar a produtividade na construção civil?

Além de analisar os índices de produtividade, você deve seguir algumas dicas para melhorar a questão na sua obra. Listamos algumas delas aqui.

Obter informações sobre produto e processo

Para aumentar a produtividade sobre o seu serviço, é essencial que você conheça melhor o produto e o processo.

O produto pode ser tanto a obra como um todo (no sentido de edificação) quanto os materiais de construção utilizados para compor a obra (como o concreto).

Ter visão analítica do produto

É necessário ter uma visão analítica e crítica sobre o produto, destacando e avaliando possíveis pontos positivos e negativos — além de avaliar o processo e o trabalho da equipe em relação a ele.

Definir o plano de ataque

Toda boa administração passa por uma definição de diretrizes e estratégias. Para enfrentar o problema da improdutividade na construção, é preciso definir como atacar esse problema e os prazos para que isso seja feito.

A produtividade é uma questão muito importante para a construção civil contemporânea. Com o aumento dela, crescem os lucros e a melhora qualidade do trabalho para os funcionários. Para medi-la, é importante que você utilize os índices de produtividade na construção civil e acompanhe todo o processo, corrigindo possíveis erros.

Agora que você já conhece os principais indicadores de produtividade na construção civil, curta a página do Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos no Faceook e receba diretamente no seu feed mais artigos como este!

Comentários
Post by IBEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *